A equipa de ciclismo do CRP Ribafria, GRUPO PARAPEDRA / DINAZOO / RIOMAGIC deslocou-se no dia 25 de abril, à freguesia do Torrão, no concelho de Alcácer do Sal, para disputar o 25º prémio ciclismo do Torrão.

   A prova federada, com uma extensão de cerca de 80 km, onde marcaram presença cerca de 160 atletas em representação de 20 equipas nacionais, foi organizada pela Associação de Ciclismo de Setubal.

     A formação do CRP Ribafria, fez alinhar para esta prova 12 unidades da sua formação, ( Rui Rodrigues, Aníbal Santo, Humberto Careca, Hélder Pereira, Vitorino Pereira, Paulo Simões, João Camocho, Pedro Dias, Jorge Marques, Daniel Ferreira, Jorge Letras e João Letras ).

     A corrida teve inicio pelas 15 horas, e decorreu sempre a bom ritmo, com várias tentativas de fugas, mas com a equipa do CRP Ribafria a controlar o pelotão e a não permitir o sucesso das mesmas.

     A cerca de 8 km da meta, deu-se uma queda no pelotão, onde estiveram envolvidos 5 atletas da equipa Grupo Parapedra – Dinazoo – Riomagic, ( Rui Rodrigues, Jorge Marques, João Camocho, Helder Pereira e Daniel Ferreira ) que ficaram com ferimentos e fora da corrida.

     O Atleta do CRP Ribafria, Rui Rodrigues foi a vitima mais grave desta queda, sendo de imediato evacuado para o hospital, vindo a confirmar-se o pior cenário, a fratura da Bacia, ficando o mesmo internado.

      Ainda assim, os restantes atletas da equipa (João Letras, Jorge Letras, Humberto Careca, Paulo Simões e Pedro Dias) conseguiram finalizar o excelente trabalho até então desempenhado pela equipa, impor um ritmo forte na parte final e deflagrar o pelotão, colocando o João Letras em posição para vencer o sprint, cortando a meta em 1º lugar e Paulo Simões em 4º lugar.

       João Letras venceu também na categoria elites e Paulo Simões foi o 2º classificado M40.

       Coletivamente a equipa também conquistou o 1º lugar.

     No domingo, a equipa fez-se representar por Jorge Marques no Granfondo de Torres Vedras, que competiu na distância longa, onde obteve o 5º lugar da geral e subiu ao 2º lugar do pódio na classe de Elites.

     Um fim de semana em que a alegria da vitória ficou apagada pela infelicidade da queda dos nossos atletas, em especial do Rui Rodrigue, que vai ter de ser um verdadeiro campeão para enfrentar as mazelas e sequelas da queda, mas estamos certos, que com a sua força e determinação, irá facilmente ultrapassar e recuperar.

      Quanto a equipa, e porque não somos só equipa nos bons momentos, mas também nos maus momentos, tudo iremos fazer para apoiar o Rui Rodrigues e prestar toda a ajuda.

CRP RIBAFRIA VENCE INDIVIDUAL E COLETIVAMENTE O 25º PRÉMIO DO TORRÃO

278705309_1219844325511431_7721837743556734970_n.jpg
278781296_393945959254819_6819633222184980036_n.jpg
278395666_3240339749533312_2984027362215479040_n.jpg
279277739_1863047443883768_5638999337708116761_n.jpg
278720138_2331334603687411_5312383925359833201_n.jpg